Disqus for Eclausuradas nas Histórias

Resenha: Deslembrança


     O livro gira em torno de London Lane, uma jovem de 16 anos que após um acidente, perde a memória recente, sempre no mesmo horário: 4h 33min. Pode não se lembrar do passado, mas tem visões do futuro.

"Não tenho passado. Minhas únicas lembranças estão no futuro"

     No começo, é um pouco difícil entender a cabeça de London, mas depois vamos entrando na história e a compreendendo que as lembranças dela, são as visões do futuro.
     Para não esquecer-se do que faz no dia, antes de dormir escreve vários bilhetes para lê-los no outro dia ao acordar, e atualizar-se da sua vida.  Quem não soubesse dessa sua deficiência, a consideraria uma jovem normal, como qualquer outra. Porém, fatos começam a aparecer em sua vida o que levou a algumas mudanças.
     Primeiramente, aparece um lindo jovem chamado Luke Henry.  Logo se apaixonam e começam a namorar. London não conta para o novo namorado o seu problema, julga que o relacionamento está tão perfeito, que se contasse poderia estragá-lo; além do mais, parecia que ele nem notara que ela tinha essa pequena deficiência.
     Outro novo fato era uma triste lembrança que London tinha do futuro; um enterro. Ela sonhava todas as noites com a mesma triste fantasia, que com certeza era uma cena que iria acontecer. Sabia que alguém iria morrer, mas não sabia quem realmente era. Luke não aparecia em sua lembrança. Isso começou a preocupá-la, será que o enterro era dedicado a Luke? Será que valeria a pena conviver e amar uma pessoa que no futuro iria morrer? Ela não saberia, não tinha certeza de quem realmente estava no caixão.
     Sabendo disso, julgava que poderia mudar esse triste futuro. Sempre fazia isso, tentava evitar dores futuras. Muitas vezes, avisara sua melhor amiga Jamie das visões que tinha sobre o futuro dela, que não eram muito boas, mas Jamie brigava com London, pois queria viver sua vida sem prévias do futuro. Grande parte do livro, as duas ficam brigadas, com London tentando reconquistar essa “verdadeira amizade”. E que bela amizade, né?! A amiga tenta ajudá-la, mas Jamie é tão orgulhosa que não aceita. Admito que tive muita raiva disso, London correndo atrás de uma amizade que não se importava com ela. Boa parte de “Deslembrança”, Jamie fica atônita à situação e somente no final, elas se entendem.
     Cat Patrick escreveu um belo romance, bem envolvente e misterioso. Gostei muito disso no livro, as “deslembranças” e os mistérios de London. Só não gostei de uma coisa: O final. Achei que ficou a desejar, precisava de mais complementos – ou um Deslembrança 2, rs. -  pois não gosto de finais que dão a entender, prefiro os que tem a certeza. Mas, fora isso, é um ótimo livro, uma leitura bastante prazerosa.

Trilha Sonora Indicada:

Sinopse: Toda noite, quando London Lane recosta a cabeça no travesseiro e dorme, cada mínimo detalhe do dia que viveu desaparece de sua memória. Pela manhã, restam-lhe apenas lembranças do futuro: pessoas e acontecimentos que ainda estão por vir. Para conseguir manter uma rotina minimamente normal, London escreve bilhetes para si própria e recorre à sempre fiel melhor amiga. Já acostumada a tudo isso, ela tenta encarar a perda de memória mais como uma fatalidade que como uma limitação. Mas, quando imagens perturbadoras começam a surgir em suas lembranças e London precisa, de algum modo, escapar delas, fica claro que para entender o presente e o futuro ela terá que decifrar o que ficou esquecido no passado.


Beijinhos,
Mariana. 

4 comentários:

  1. Esse livro ainda não me convenceu pra me fazer comprá-lo. No máximo a capa me chamou atenção, mas ainda assim... Talvez um dia né, não vou falar que nunca porque nunca se sabe.


    Bei~g~os.

    ResponderExcluir
  2. Desejos de Sábado7 de outubro de 2012 20:19

    Oi, Mariana!A capa desse livro é linda, mas não me sinto atraído para comprá-lo. A história parece não me agradar, e mesmo que as resenhas que eu li sejam positivas, não despertam curiosidade em mim.


    Beijos,
    Gabe
    http://desejosdesabado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa que estória de motivação e incertezas,deve ser um bom livro,apesar que eu também não gosto de finais vagos.

    ResponderExcluir